Blog do Thales Castro | Página 9
Blog do Thales Castro - Thales Castro

Prefeito de Vargem Grande, Carlinhos Barros testa positivo para Covid-19 e encontra-se internado em São Luís

Em nota a Secom de Vargem Grande informou nesta segunda-feira (10) que o prefeito Carlinhos Barros (PCdoB) testou positivo para o novo coronavírus e encontra-se internado em São Luís.

 

O Blog deseja o completo restabelecimento de sua saúde.

 

Segue a nota da Secom:

 

NOTA OFICIAL

 

Mantendo o compromisso de transparência com a população vargem-grandense, a Prefeitura Municipal de Vargem Grande vem a público informar que o prefeito, Carlinhos Barros, acaba de testar positivo para COVID-19. O estado geral de saúde do prefeito Carlinhos Barros é bom, embora requeira cuidados hospitalares.

 

O prefeito foi orientado a permanecer em isolamento em hospital da própria capital, onde já se encontrava quando sentiu os primeiros sintomas da doença, muito embora seu desejo fosse o de ser atendido pela equipe do hospital municipal de Vargem Grande. As pessoas com quem Carlinhos Barros manteve contato já receberam as orientações médicas cabíveis e também foram submetidas à testagem para o vírus.

 

O prefeito segue cumprindo suas funções públicas de forma virtual. A Prefeitura Municipal se compromete a manter todos informados a respeito da evolução do quadro de saúde de Carlinhos Barros.

Vargem Grande: Movimento encabeçado por Monielle Moreira arrecada material de higiene íntimo para mulheres


A professora da rede de ensino de Vargem Grande, Monielle Moreira, encabeçou um Movimento para arrecadar material de higiene íntimo para distribuir para as mulheres do município em situação de vulnerabilidade.

 

 

“O momento, ocasionado por essa pandemia, colocou a nossa população numa enorme proporção de vulnerabilidade, portanto como professora e mulher tive a sensibilidade de identificar na classe feminina, principalmente da nossa periferia, a dificuldade de adquirir os materiais de uso pessoal, como absorventes, desodorantes, cremes dentais, escovas dentárias, barbeadores, sabonetes, papel higiênico, etc., daí, idealizei esse projeto que tende a ser permanente daqui pra frente”, disse Monielle.

 

 

De acordo com a Professora, têm situações em que mulheres não compram o absorvente para priorizar o alimento, em outras, existem ainda, aquelas que nunca se habituaram ao uso do material por falta de condições e até mesmo por ausência de uma formação, o que culmina muitas das vezes a um natural afastamento do convívio social, laboral e escolar.

Vargem Grande: Thiago Gomes morre vítima da Covid-19

O jovem Vargengrandense, Thiago Gomes é mais uma vítima do novo coronavírus.

 

Thiago que estava há algumas semanas internado no Hospital das Clínicas Integradas (HCI) em São Luís, lamentavelmente, não resistiu e veio a óbito nesta sexta-feira (07).

 

Thiago Gomes era filho do Abdalla Gomes que por muitos anos trabalhou nos Correios de Vargem Grande.

 

Consternados, expressamos nossas condolências à família enlutada e rogamos a Deus que os conforte neste momento de profunda dor.

Ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, anuncia saída do PDT

O ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), usou suas redes sociais para anunciar que está deixando o PDT para buscar novos rumos.

 

Na mensagem, Holandinha afirma que a saída do partido ocorre de forma amigável.

 

Segue a íntegra da mensagem de Edivaldo Holanda Junior:

 

“Agradeço o carinho e apoio que recebi no PDT durante os cinco anos de convivência muito respeitosa. Sigo novos rumos a partir de agora, mas ressalto que permanecem a admiração e amizade.

 

O meu muito obrigado ao presidente estadual, @wevertonsenador com quem me reuni ontem; ao presidente municipal, vereador @raimundopenha, e aos demais membros da direção no estado e capital.

 

De maneira muito especial, agradeço a aguerrida militância pedetista pela caminhada até aqui, lutando sempre em defesa do melhor para a nossa querida São Luís.

 

Um grande abraço a todos!”

Delegado confirma que PF ainda investiga outras prefeituras no MA

Blog do Gilberto Léda – O delegado federal Felipe Cardoso, chefe da Delegacia de Repressão à Corrupção e Desvios de Recursos (Deleco), declarou ontem, 5, durante entrevista coletiva realizada após a deflagração da Operação Desatino – que desarticulou organização criminosa que promoveu fraudes na Prefeitura de Brejo -, que a Polícia Federal ainda investiga outras prefeituras do Maranhão por denúncias semelhantes.

 

A ação desencadeada em Brejo já é a quinta da PF, só em 2021, que combate desvios de recursos da Covid-19, por gestões municipais.

 

“Nós continuamos fortes, firmes, na investigação de outras denúncias que chegam também. A gente não vai parar”, afirmou.

 

Segundo ele, no caso específico de Brejo, com o auxílio da Controladoria-Geral da União (CGU), foi possível confirmar as fraudes.

 

“Agradecer a parceria da CGU, que fez a análise técnica desses contratos frutos de fraude. Realmente ficou bem sedimentado na investigação a fraude na licitação, a frade nesses contratos e a ausência da prestação e serviços e fornecimento de produtos, tendo em vista que as empresas são notadamente de fachada e pertencentes a ossos com vínculos com o Município”, completou.

Prefeitura de Ribamar disponibiliza Call Center para atender falta de iluminação pública no município

A Prefeitura de São José de Ribamar trabalha para manter a iluminação pública de todo o território do município. Para manter a qualidade no serviço, a Secretaria de Obras, Habitação, Serviços Públicos e Urbanismo (Semosp) disponibiliza as ferramentas de Call Center pelo número 0800 580 2000, e o Aplicativo IP SJR, que pode ser baixado para IOS e Android.

 

As ferramentas servirão para que a população entre em contato para solicitar a correção ou manutenção da iluminação pública do seu bairro. Por exemplo, se o cidadão solicitar um poste apagado, o prazo é de 48 horas para atendimento, mas se apresentarem dois pontos apagados ou mais, são de 36 horas.

 

Com isso, o ribamarense contribuirá para a segurança e a qualidade de vida do município, além de aumentar o poder do cidadão e o bom relacionamento com a prefeitura.

 

“É importante que a população entre em contato pelo Call Center ou aplicativo para que possa gerar um protocolo e o cidadão cobre o seu direito. Iremos trabalhar para realizar todos os atendimentos dentro do prazo”, disse o secretário.

Othelino e Flávio Dino discutem novos projetos enviados à Assembleia e ressaltam harmonia entre os poderes

– Othelino e Flávio Dino reúnem-se para tratar sobre projetos enviados à apreciação da Assembleia Legislativa

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), reuniu-se, nesta quarta-feira (5), com o governador Flávio Dino (PCdoB) para tratar de uma pauta prioritária de projetos do Executivo, que tramitam no Parlamento Estadual, entre outros assuntos de interesse da população maranhense.

 

Segundo Othelino, uma das matérias encaminhadas à Assembleia pelo Governo do Estado, que deve ser apreciada em breve, é a que dispõe sobre o Agente de Desenvolvimento Rural Quilombola, no âmbito do programa ‘Maranhão Quilombola’, para o desenvolvimento de ações que garantam maior qualidade de vida a essas comunidades.

 

“Tivemos uma boa reunião, na qual tratamos de temas importantes e de projetos que tramitam na Assembleia, como o programa agente rural quilombola, uma iniciativa que será apreciada na Casa do Povo. Discutimos também sobre projetos de infraestrutura por meio dos quais o Governo do Maranhão auxiliará os municípios na melhoria da infraestrutura urbana das cidades”, assinalou o chefe do Legislativo.

 

O governador Flávio Dino enfatizou a importância da harmonia entre os poderes para que o Maranhão continue no caminho do desenvolvimento com justiça social. O chefe do Executivo agradeceu, ainda, o apoio dos deputados não só na aprovação de projetos importantes para o Estado, mas, também, na destinação de emendas parlamentares.

 

“Agradeço ao presidente Othelino Neto e a todos os parlamentares, que têm sido muito atenciosos e eficientes no exame dessas políticas públicas que propomos à Assembleia.  Nesta conversa, tratamos também sobre ações prioritárias, como o Agente de Desenvolvimento Rural Quilombola, assuntos relativos à infraestrutura urbanística dos municípios e a distribuição de cestas básicas para pessoas carentes, que já conta com o apoio dos parlamentares por meio da destinação de emendas”, completou o governador.

Parlamentares prestam homenagem a mães afetadas pela pandemia

– Deputados destacaram a luta das mães para sustentar suas famílias durante a pandemia

A sessão plenária desta quarta-feira (12) foi marcada por homenagens dos parlamentares ao Dia das Mães, a ser comemorado no próximo domingo (9). Eles destacaram a luta das mulheres para sustentar suas famílias durante a pandemia, a tristeza das mães que perderam filhos e a dos filhos que ficaram órfãos.

 

A deputada Ana do Gás (PCdoB), por exemplo, disse que a pandemia trouxe desafios para as mães. “O momento ainda é delicado e nos obriga a ficar distantes daqueles que queremos abraçar”.

 

Ela prestou homenagem às profissionais de saúde e a mães que estão na linha de frente da Covid-19. “São mulheres guerreiras que deixam de tomar de conta de suas próprias famílias e dão o máximo para cuidar do próximo, arriscando suas vidas”.

 

Mulheres que cumprem penas em presídios, separadas dos filhos, também foram lembradas pela deputada, que prestou homenagem àqueles que perderam suas mães. “Que Deus possa confortar seus corações, porque só sente essa dor quem já perdeu alguém que ama”, disse.

 

Vacinação

 

Professor Marco Aurélio (PC do B) destacou a luta das mães que residem nos mais diversos municípios maranhenses. “Elas travam uma luta justa pelos seus filhos, na busca pela vacinação contra a Covid-19”, ressaltou.

 

O parlamentar homenageou mães de Imperatriz e de todo o Maranhão e que têm filhos com Síndrome de Down. Ele lembrou que pessoas com Down têm baixa imunidade e constantes problemas cardíacos e respiratórios, além de sofrerem com obesidade. “Garantir a prioridade na vacinação é oferecer segurança a essas mães que cresceram enfrentando, às vezez, o preconceito, mas sempre com amor, dando o melhor de si, aprendendo e sendo felizes com essas crianças”.

 

Marco Aurélio destacou, também, a necessidade da vacina para pais e cuidadores de crianças autistas. Disse que há estados e municípios que já deram essa prioridade, pois criança autista não consegue utilizar a máscara. “Mães de crianças autistas de todo o Maranhão levantam essa bandeira por entenderem que estão protegendo diretamente seus filhos”, acentuou.

 

O deputado informou que já conversou com o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, para dar voz ao movimento liderado por mães de autistas. “Precisamos dar essa prioridade e trazer, de maneira urgente, essa vacina e valorizar a luta dessas guerreiras que estão buscando algo simples, mas que é tão importante e fundamental para a preservação das vidas dos seus filhos”.

 

Mães de Timon

 

Socorro Waquim (MDB) prestou homenagem especial às mães que residem em Timon. “Elas possuem uma fala especial de amor, de luta, de labuta, de doação, de respeito e de história”, elogiou.

 

A parlamentar lembrou da pandemia que avança e deixa na orfandade milhares de filhos, cujas vidas das mães foram ceifadas pela Covid-19. “Quantos milhares de jovens e crianças ficaram sem suas mães? Isso significa o que para a sociedade, para esse mundo que nós tanto defendemos e que tanto queremos?”, questionou Waquim.

 

A deputada ressaltou a necessidade de se avançar no processo de vacinação, já que somente 15% da população brasileira receberam a primeira dose. “Não atingimos nem 1/4 da população brasileira e a segunda dose, mais difícil ainda, caminha muito lentamente”.

 

Socorro Waquim pediu melhorias no sistema de saúde do Maranhão e do Brasil. “Para que, no enfrentamento de pandemias como essa, a população não tenha que se curvar diante de tantas mortes e derramar tantas lágrimas. Quantas famílias, no futuro, estarão marcadas, não indelevelmente, mas marcadas com a cicatriz de um tempo duro que foi a epidemia da Covid?”.

 

Homenagem

 

A morte de centenas de mães durante a pandemia também foi lembrada pelo deputado Wellington do Curso (PSDB). Segundo ele, muitos filhos não terão o que comemorar no Dia das Mães porque perderam as suas “rainhas” para a Covid-19. Ele destacou a luta daquelas que têm filhos com deficiência ou doenças raras.

 

“Já acompanhamos esse tratamento no Hospital da Criança e auxiliamos e ajudamos algumas mães e crianças que vêm do interior para tratamento na capital. A nossa luta é permanente em defesa de todas as mães solteiras, que cuidam e levam o sustento à família”, ressaltou.

 

Wellington homenageou todas as mães do Maranhão mencionando a dele, Iracema de Castro Bezerra, a quem expressou gratidão. “Deus não podia ter me colocado em um lar melhor, mesmo tendo sido criado sem pai. Meu pai me abandonou quando eu tinha 7 meses de nascido, mas ele me deu uma mãe guerreira, determinada e com quem eu aprendi muito”, finalizou.

Weverton se reúne com Lula em Brasília

O senador do Maranhão, Weverton Rocha (PDT), jantou na terça-feira (04), em Brasília, com ex-presidente Lula.

 

“Conversei muito com o presidente Lula sobre o futuro do nosso país e do Maranhão e sobre as jornadas que nos uniram no passado. Jantamos juntos ontem, a convite do senador Paulo Rocha, líder do PT no Senado, com a presença de toda a bancada do partido no Senado, Fernando Haddad e de Gleise Hoffmann, presidente nacional do PT”, disse Weverton.

 

 

“O diálogo ainda é o melhor caminho para vencermos esse momento difícil que estamos vivendo”, completou o senador.

Carta de Mandetta e fuga de Pazuello estragaram tática de Bolsonaro na CPI

Josias de Souza – No primeiro dia reservado pela CPI da Covid à oitiva de depoimentos, a estratégia do governo para enfrentar a investigação legislativa sofreu dois reveses. Num, o ex-ministro da Saúde Henrique Mandetta forneceu à comissão cópia de carta que entregou em 28 de março de 2020 ao presidente da República. O documento contém informações que dificultam o esforço do Planalto para reescrever o enredo da pandemia no Brasil.

 

Noutro revés, o também ex-ministro Eduardo Pazuello cavou uma desculpa para protelar o depoimento marcado para quarta-feira. Alegou que teve contato com dois coronéis infectados pelo coronavírus. Estaria, portanto, impedido de comparecer à CPI. Pazuello já contraiu a Covid-19 quando era ministro. Curiosamente, o único mal-estar que exibiu nas últimas horas foi o nervosismo com o treinamento que recebeu para o depoimento que conseguiu adiar por duas semanas.

 

Na carta que entregou a Bolsonaro no final de março do ano passado, quando ainda era ministro, Mandetta recomendou ao presidente uma revisão de suas posições anticientíficas. E alertou para a hipótese de ocorrer um “colapso do sistema de saúde”, com “gravíssimas consequências à saúde da população”.

 

Em reuniões com Bolsonaro e outros ministros, Mandetta informou que, na previsão mais pessimista de sua equipe, o Brasil colecionaria 180 mil mortos até o final de 2020 se não gerenciasse adequadamente a crise sanitária. Bolsonaro deu de ombros. O ano terminou com pouco mais de 190 mil cadáveres. Hoje, as vítimas do vírus somam mais de 400 mil.

 

Escrito há mais de um ano, o documento de Mandetta funcionará como uma espécie de vacina da CPI contra a tática de Bolsonaro de colocar a culpa nos outros. Nesse contexto, a fuga de Pazuello ajudou a expor os pés de barro do presidente. O general promoveu uma ocupação militar da Saúde, ajustando o gerenciamento da pandemia às idiossincrasias do capitão. Isso incluiu desde a defesa do tratamento precoce com medicamentos ineficazes como a cloroquina até a demora na aquisição de vacinas.

 

Considerando-se que Pazuello comandou a pasta da Saúde guiando-se pelo lema segundo o qual “um manda e o outro obedece”, o general teria de se autoincriminar para retirar Bolsonaro da mira da CPI. Daí a súbita adesão de Pazuello à estratégia do isolamento social.