Blog do Thales Castro - Thales Castro

Em Grajaú, Mercial Arruda zomba e transforma população em moeda de troca

– Mercial Arruda

Tem sido assim, não é de hoje, todas as vezes que se aproxima o ano eleitoral estadual, durante o extenso tempo de poder, o “eterno” prefeito de Grajaú, Mercial Arruda, começa a apresentar nomes do seu interesse pessoal. Se não vejamos.

 

Nas eleições de 2018, ajudou a eleger Arnaldo Melo, Pastor Cavalcante, Rigo Telles e outros nomes, que sumiram, nada de projeto de interesse da população.

 

Pastor Cavalcante que teve mais de mil votos naquele pleito em Grajaú com apoio de pessoas do grupo e com a anuência do “eterno” prefeito, além de desempenho pífio, nunca mais apareceu na cidade.

 

A mesma política pessoal, Mercial faz para a câmara federal, agora tem como pré-candidatos, Hildon Rocha, Aluísio Mendes, Gil Cutrim, João Marcelo e até o novato JP de Imperatriz.

 

O eterno prefeito faz de tudo para se manter no poder, o que ele não costuma fazer é ouvir o povo. Até com adversários se une para continuar mandando.

 

Recentemente, entregou a secretaria de saúde para Ivanda Cortez, mulher do Padre Jorge, adversário ferrenho nas últimas eleições.

 

 

Entregou a secretaria de obras por indicação do PSDB, para Antônio Marcos Malagueta, que não tem nenhuma experiência para tocar esta pasta, pessoa rejeitada e sem credibilidade para tal função.

 

Todos estes cargos são acordos, em troca Mercial Arruda, exige apoio à pré-candidatura do filho dele, Ricardo Arruda a deputado estadual.

 

Os comentários na cidade são grandes, logo Ricardo Arruda, que comandava um grupo de pessoas comprovadamente corruptas na prefeitura de Grajaú.

 

Pessoas demitidas pelo próprio prefeito, que descobriu empresas fantasmas, uma delas na cidade operária em São Luís.

 

Por causa das irregularidades até o pré-candidato Ricardo Arruda foi demitido e chamado de malino pelo pai.

 

– Pai e filho

Agora, Mercial Arruda, resolve viajar o Estado, oferecendo cargos, em troca de apoio, recentemente esteve em Caxias e Tuntum, atrás de “acordo” para o filho rejeitado pelo povo Grajauense.

 

Já tem informações que o eterno prefeito pode emplacar Janes Clay, ex-prefeito de formosa da serra negra, como secretário municipal em Grajaú. Janes, foi derrotado nas últimas eleições pelo povo da serra negra.

 

O que Mercial Arruda, não faz, visto por todos, é trabalhar pela cidade, que está largada, abandonada, falta infraestrutra e quase tudo.

 

O prefeito resolveu viajar, lotear a prefeitura que já está lotada por apoiadores do filho do gestor municipal.

 

O eterno prefeito quer empurrar de guela a dentro, mais um que não tem aceitação popular.

 

Continuo cobrando aqui no no blog, quando os vereadores de Grajaú, vão investigar o devaneio de corrupção, comprovado pelo próprio Mercial Arruda, quando demitiu o filho e os outros auxiliares que supostamente comandavam uma quadrilha dentro da gestão?

 

Por meio deste loteamento político, a população já sabe que tem muita gente recebendo injustamente e sem trabalhar na prefeitura de Grajaú.

Categoria: Notícias