Estudante da UEMA é escolhida como representante do Maranhão na ANNABRA

A universitária Mariana Martins, 19 anos, do quinto período de Direito da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), foi oficializada como delegada do Maranhão na Associação Nanismo Brasil (ANNABRA), entidade, que é presidida por Kênia Rio, durante o Simpósio Brasileiro de Nanismo, que foi realizado de 20 a 21 deste mês, no Rio de Janeiro.

De acordo com Mariana a ANNABRA joga um jato de luz sobre a questão do nanismo e busca a adoção de políticas públicas, com vistas à implementação de acessibilidade e inclusão social.

A pauta do evento foi permeada com palestra abordando a realidade do nanismo, questões genéticas, psicológicas, judiciais visando a distribuição de medicamentos às pessoas carentes e pedagógicas com a apresentação da cartilha “Escola para Todos”, com material explicativo.

Conforme a universitária, uma das lutas da ANNABRA é conseguir, junto ao Congresso Nacional, a instituição de uma frente parlamentar mista de Valorização e Defesa dos Direitos das pessoas com nanismo. Na esfera local, busca apoio da Assembleia Legislativa e da Câmara Municipal, para que encampem essa luta.

Mariana destaca que portadores de nanismo enfrentam muito preconceito e fala sobre sua própria experiência, lembrando que os olhares das pessoas em volta dizem tudo.

Um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Publicidade

Publicidade
Publicidade