Blog do Thales Castro | Página 23
Blog do Thales Castro - Thales Castro

Bomba: Aliado de Eudes Sampaio investigado pela Polícia Federal acusado de oferecer R$ 250 por vídeos gravados contra Julinho

Uma funcionária da Prefeitura de São José de Ribamar, denunciou na Polícia Federal, a revelação de como pode estar acontecendo as gravações de supostas denúncias fakes contra o candidato Dr. Julinho (PL), que apesar de sofrer ataques diários de fakenews, segue liderando a disputa eleitoral em todas as pesquisas registradas e divulgadas até o momento.

 

De acordo com o documento da PF obtido com exclusividade pelo blog, no dia 02 de setembro, o sujeito conhecido como Fael, uma espécie de divulgador de redes sociais e carregador do prefeito Eudes Sampaio, teria oferecido a funcionária da prefeitura, a quantia de R$ 50 reais para aliciar moradores do município para participarem de do jogo sugo e realizar gravações atacando o candidato.

 

No documento, a denunciante afirma que a exigência é que o morador não seja simpatizante do candidato e que cada morador receberá R$ 250 reais para gravar vídeos atacando Dr. Julinho.

 

Revoltada com o jogo baixo da campanha, a funcionária da prefeitura resolveu denunciar o caso para a Polícia Federal.

 

A revelação explica porque na última semana, aliados do prefeito Eudes Sampaio (PTB), que tem reprovação de sua gestão por 68,2% dos ribamarenses, segundo pesquisa do Instituto DataIlha, passaram a espalhar vídeos fakes de moradores atacando o candidato.

 

Confira o documento da Polícia Federal.

Vargem Grande: Carlinhos Barros perde mais uma na justiça e é obrigado a reintegrar Jociedson Aguiar no cargo de professor

Em mais uma decisão, o TJ-MA determinou que o Prefeito de Vargem Grande, Carlinhos Barros (PCdoB), reintegre Jociedson Aguiar ao cargo de professor.

 

Jociedson Aguiar, que também é vereador do município e oposição ao governo CB foi EXONERADO há pouco mais de um ano do cargo de professor, do qual é concursado desde 2001. O ato se deu por mera perseguição política sob a alegação de que o professor/Vereador estaria acumulando cargos públicos.

 

Jociedson foi demitido do seu emprego público em um processo administrativo cheio de irregularidades e completamente fora da lei, o que escancarou a perseguição do qual o Vereador tem sido vítima na atual gestão.

 

Jociedson Aguiar é, reconhecidamente, um. Vereador combativo e que não tem medo de fazer o enfrentamento necessário em favor da população, por conta disso é, frequentemente, vítima do autoritarismo que se instalou no executivo municipal.

 

A Justiça reconheceu não haver o acúmulo de cargos e que o parlamentar está amparado pela Constituição Federal e, por isso, determinou sua reintegração.

 

“Quero agradecer a Deus, à Justiça, aos meus advogados e a todos que acreditaram em mim e sempre estiveram ao meu lado. Sempre disse que esse processo era uma absurda perseguição política e a justiça comprovou que nós temos razão. Não cometi nenhum crime e não pratiquei qualquer irregularidade, sempre respeitei a Lei. Essa decisão renova as nossas forças de continuar lutando contra essa gestão que se utiliza de mecanismos arbitrários e ditatoriais para perseguir a mim e a todos os funcionários públicos”, disse Jociedson.

Ao lado de Duarte Jr, Genival Alves recebe apoio de moradores do Itaqui-Bacanga

O vereador Genival Alves (Republicanos – nº 10.555) realizou, neste último domingo, mais um grande ato de campanha da sua reeleição na área Itaqui-Bacanga, uma das mais populosas de São Luís.

 

Acompanhando do deputado estadual e candidato a prefeito da capital, Duarte Júnior; e do vice-governador Carlos Brandão; Genival e apoiadores percorreram diversas vias do Anjo da Guarda, Vila Isabel/Cafeteira, Vila Bacanga, Gancharia, Vila Mauro Fecury e Vila Embratel.

 

Em todas as localidades, o vereador e candidato à reeleição teve o seu trabalho reconhecido e recebeu manifestações de apoio e carinho.

 

“É o vereador que trouxe para esta região o projeto Saúde na Comunidade e a Carreta da Saúde, que nos ofereceu serviços gratuitos na área da saúde preventiva. Tem trabalho concreto e merece ser reeleito”, comentou o comerciante Isaías Lindoso.

 

Bem colocado em todas as pesquisas de intenção de voto divulgadas até o momento, e figurando com amplas chances de disputar o segundo turno, Duarte Jr. agradeceu o apoio de Genival e, mais uma vez, disse estar impressionado com a liderança que o parlamentar exerce nos bairros da capital.

 

“O Republicanos, através do Genival, tem um dos melhores quadros na Câmara de São Luís. Genival executou um excelente trabalho, se destacando em todos os setores”.

 

“Muito obrigado meus amigos pelo apoio e pela força de sempre. Estamos juntos e no dia 15 de novembro chegaremos à vitória”, agradeceu Genival.

Wellington Moura dispara em São João do Soter, revela pesquisa

Nova pesquisa realizada pelo Instituto MBO nos dias 25 e 26 de outubro, mostra que o candidato Wellington Moura (PDT) disparou, e deve vencer as eleições em São João do Soter com 41,75% das intenções de votos.

 

A atual prefeita, Josa Silva (Republicanos), que busca a reeleição, deve sair derrotada com 37,25% das intenções de votos, segundo o levantamento.

 

Já o candidato Dr. Tairo Rocha (PSDB), que teve sua candidatura indeferida e aguarda resultado do recurso impetrado por seus advogados, aparece em terceiro lugar com 12,25% das intenções de votos.

 

Ainda de acordo com o resultado da pesquisa, 4% afirmaram não votar em nenhum dos candidatos e 4,75% não souberam ou não quiseram responder.

 

O levantamento ouviu 400 entrevistados entre os dias 25 e 26 de outubro, tem margem de erro de 3,5% para mais ou para menos, taxa de confiança de 96,5% e está registrado no TSE sob protocolo número MA-06453/2020.

Vargem Grande: Justiça Eleitoral suspende evento de Carlinhos Barros, independente de “Carnaval do 65” ou “Arrastão do 65”

O evento do prefeito Carlinhos Barros (PCdoB) programado para esta terça-feira, 03, que incialmente foi divulgado como “Carnaval do 65” foi cancelado pela justiça eleitoral.

 

A tentativa do prefeito de tentar burlar esta decisão, que já era certo, diante do tema tão antigo, que é o fim dos showmícios e distribuição de brindes, com a mudança de “Carnaval do 65” para “Arrastão do 65” não funcionou, pois a decisão do juiz Paulo de Assis da 50ª Zona eleitoral é clara ao cancelar o evento programado para esta terça-feira, 03, independente do nome de fantasia.

 

A decisão foi baseada na representação dos advogados Junior Castro, Fernando Oliveira e César dos Santos pela Coligação a Força do Povo (MDB, PL e PV) e pela representação do Ministério Público Eleitoral, representado na comarca pelo Promotor Charles André.

 

“Em verdade, é extremamente triste que seja necessário se socorrer do Poder Judiciário para se decidir sobre algo que bastaria bom senso, respeito a dignidade humana e compromisso com bem estar social”, disse o juiz em trecho da decisão.

 

“Ante o exposto, verificando a presença dos pressupostos legais e elementos que exigem a intervenção judicial, mediante uso de poder de polícia, para coibir a prática de ilícitos previstos no artigo 39, §9, do Código Eleitoral, defiro o pedido de tutela antecipada de urgência, para determinar a SUSPENSÃO do evento programado a pelo candidato JOSÉ CARLOS DE OLIVEIRA BARROS e a Coligação “Vargem Grande é do Povo” (PCdoB, PROS, PDT e PR), para ocorrer no dia de hoje, 03/11/2020, independente do nome de fantasia atribuído, se “Carnaval do 65” ou “Arrastão do 65”, sob pena de multa no valor de R$ 50.000,00 (vinte mil reais) pelo descumprimento desta decisão, sem prejuízo de responsabilidade por crime de desobediência, artigo 347 do código eleitoral”, sentenciou Dr. Paulo de Assis.

Vargem Grande: MP pede cancelamento de evento de Carlinhos Barros desta terça-feira, 03

O Ministério Público pediu o cancelamento do evento do candidato a prefeito Carlinhos Barros (PCdoB) denominado “Carnaval do 65” previsto para ser realizado nesta terça-feira, 03.

 

Ante toda a explanação supracitada, nos confrontamos com um “CARNAVAL FORA DE ÉPOCA”, devidamente agendado para fins político/eleitoreiro, tendo a Coligação “Vargem Grande é do Povo”, de forma irresponsável, se aproveitando do período de campanha política para agendar a referida festa e realizar assim sua propaganda eleitoral, objetivando angariar votos em troca de uma festa de carnaval, “CARNAVAL DO 65”.

 

No vídeo, todos são convidados a vestir-se de vermelho e amarelo e, como se fosse um bloco carnavalesco, juntarem-se para “CAIR NA FOLIA”, enfatizado com imagens de diversas pessoas se divertindo com se estivessem em um grande show.

 

Se não bastasse toda a apelação para o evento carnavalesco, temos a imagem do candidato, que insurge com um grande grito, afirmando “O CARNAVAL DE VOCÊS ESTÁ GARANTIDO”, uma fala apelativa para a participação do povo no evento denominado “Carnaval do 65”.

 

Ainda em referência ao material de divulgação, pode-se perceber a animadora convidando toda a população para “CURTIR COM A GENTE”, indicando o local da concentração do evento e sugerindo a vestimenta padronizada, o que é de costume nos blocos de carnaval da região. Como conclusão da peça de divulgação, é pedido para que todos votem no 65.

 

Disse o promotor nesses trechos da representação eleitoral.

 

Com o claro objetivo de burlar e não cumprir a possível decisão da justiça eleitoral de cancelar o evento agendado para terça-feira, 03, o prefeito Carlinhos Barros alterou o nome do evento para arrastão do 65, porém de acordo com os próprios aliados, o evento terá o mesmo formato programado para o Carnaval do 65, somente com nome e local de concentração diferente do que estava programado.

Os advogados Junior Castro, Fernando Oliveira e César dos Santos que defendem a coligação a força do povo, antes da representação eleitoral do MP, também protocolaram na 50 zona eleitoral, uma representação com o mesmo objetivo.

 

O evento programado pelo prefeito, além de desrespeitar todas as regras sanitárias, inclusive as dos próprios decretos municipais, também está totalmente na contramão do que rege a legislação eleitoral.

Condenação do pai da prefeita de Porto Rico do Maranhão completa um mês hoje

A condenação do ex-prefeito de Porto Rico do Maranhão, Celson César do Nascimento Mendes, que é pai da atual prefeita Tatyana Mendes (PCdoB), pela 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), completa um mês nesta segunda-feira, dia 2 de novembro, feriado de Finados.

 

A decisão manteve sentença do Juízo da Vara Única da Comarca de Cedral que, em ação civil pública por ato de improbidade administrativa, condenou o pai de Tatyana, à perda da função pública; suspensão dos direitos políticos pelo prazo de oito anos; ressarcimento integral do dano causado ao erário no valor de R$ 1.208.994,82; e pagamento de multa civil no valor de R$ 2.417.989,64.

 

O órgão colegiado foi unânime, seguindo o parecer do relator, desembargador Kleber Carvalho, que constatou nos autos a prática de condutas, no mínimo, culposas do ex-prefeito, causando lesão ao erário, quando permitiu ou concorreu para que pessoas físicas e jurídicas privadas utilizassem verbas ou valores integrantes do acervo patrimonial do município, sem a observância das formalidades legais ou regulamentares aplicáveis à espécie, bem como ao frustrar a licitude de processo licitatório ou dispensá-los indevidamente.

Na ação de origem, o Ministério Público do Estado (MP/MA) disse na sua gestão como prefeito do município, cometeu, durante o exercício de 2007, Mendes cometeu uma série de irregularidades que culminaram na rejeição de suas contas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE/MA).

 

Dentre as irregularidades apontadas pelo Parquet Estadual, estão a não comprovação de processo licitatório e fragmentação de despesas referentes à aquisição de combustíveis, materiais elétricos, materiais escolares, material de expediente, gêneros alimentícios, material de limpeza, materiais de construção, medicamentos, materiais hospitalares, serviços gráficos, fretes de veículos, fornecimento de alimentação e lanches, contratação de bioquímico, contratação de médico, contratação de assessoria contábil, aquisição de carteiras escolares, mesas e cadeiras para professor, construção de uma biblioteca, aquisição de material de expediente e limpeza, terraplanagem, entre outros.

 

Os desembargadores Jorge Rachid e Angela Salazar também negaram provimento ao apelo do ex-prefeito, mantendo a condenação de primeira instância, de acordo com o parecer da Procuradoria Geral da Justiça.

Vargem Grande: Carlinhos Barros, tirania, opressão e o tapete vermelho da vaidade

Dr. Castro Junior recebendo o Prêmio Nobre

Por Castro Júnior* 

Que o prefeito da nossa querida e amada Vargem Grande é um homem muito vaidoso, isso ninguém mais tem dúvida, e inúmeras foram as vezes que isso restou evidenciada em sua administração, é o caso da segunda inauguração da avenida nossa senhora de Lourdes, mais conhecida como a Baixa grande, que antes de receber o gestor, teve seu famoso asfalto lavado de ponta a ponta em plena maior crise de abastecimento de água da história de nossa cidade. 

 

Outra fato relevante mas não menos importante, trata da tirania e opressões vividas nesse governo, coisa que quem só viveu na pele saberia explicar, o quão perseguidor o homem do chapéu é com aqueles que não estão dispostos a se ajoelhar e rezar sua cartilha de A a Z. 

 

Com uma lista corrida, tentarei trazer as que mais chamam atenção. 

 

É o caso da intervenção criminosa na livre atuação da câmara de vereadores, isso ocorreu quando seu irmão e fantoche na câmara perdeu a reeleição para presidência do poder legislativo, revoltado e inconformado com o processo democrático o prefeito se deu o poder de asfixiar o orçamento dos representantes do povo, tudo isso com direito a falsificação de documento público, é o que consta em uma decisão judicial que analisou o caso. 

 

Outro fato recente, implica na falta de transparência do dinheiro público destinado ao combate da pandemia do COVID-19, foi repassado cerca R$ 9.930.752,39 ao cofre do município para o tratamento dos doentes, porém até hoje não foi explicado por qual valor, qual produtos ou serviços e empresas foram contratados com esse recurso, que inclusive o prefeito e o secretário de saúde é processado duas vezes por não explicar tal desfecho. 

 

Não podemos esquecer dos que foram perseguidos pelos anônimos da internet, por ousar discordar ou criticar nas redes sociais desse método nada republicano adotado pelo gestor, vale lembrar, que há dois registros de ocorrência na delegacia de combate a crimes virtuais contra um secretário que compõe o governo. Por fim, a fraude que envolve as matriculas do censo escolar, que além de morto matriculado, isso também ocasiona um rombo milionário à união. 

 

Já do ponto de vista eleitoral, essa opressão se agrava ainda mais, o tirano acha que vai ganhar as eleições no grito, intimidando aqueles que pensam diferente de diversas as formas, como exemplo, podemos lembrar da chuva de pedras ocorrida no bairro de Fátima, as ofensas nas redes sociais por meio dos perfis fake, e o uso indiscriminado de foguetes a ponto de causar dois incêndios na mesma campanha, o primeiro na saudosa escola Azizi Trabulsi, e o segundo, curiosamente causado na casa de um dos candidatos que disputam contra ele a eleição, algo que mesmo involuntário causa um ar de intimidação devido ao histórico. 

 

Mas o mais engaçado e curioso de tudo, além do forasteiro e ex procurador geral do município está a ponto de perder os cabelos com medo de perder a mamatinha, é o fato do término da convenção do prefeito, onde este vaidoso como sempre desfila em um belíssimo tapete vermelho se ajoelhando como o sinal de cordialidade. Falso e prepotente, pois isso tudo não passa de uma grande mentira, haja vista que é a Vargem Grande que está de joelhos aos mandos e desmandos dessa tirania maquiada em forma de governo, e que toda essa engrenagem administrativa em sua gestão atua em um único sentido, centralizar poder e recurso fazendo de Carlinhos Barros um homem cada vez mais rico. 

 

**Advogado OAB/MA 21.814

Paço do Lumiar: Paula Azevedo realizam caminhada no Tambaú

Paula Azevedo e Jerry em caminhada pelo bairro Tambaú

O arrastão do 65 passou ontem (29), pelo bairro Tambaú. Uma grande caminhada liderada pela candidata a reeleição Paula Azevedo(PcdoB) e seu companheiro de chapa, Inaldo Pereira(PSDB), percorreu as principais ruas e avenidas do bairro.

 

A caminhada contou com a presença do Deputado Federal e presidente do PcdoB Estadual do Maranhão, Márcio Jerry, que ao lado da prefeita, candidatos a vereadores, apoiadores e militantes do partido sentiu de perto a força que Paula Azevedo tem dentro do município.

 

As lideranças comunitárias locais  apresentaram os candidatos de porta em porta onde foram sempre bem recebidos. Paula Azevedo que vem encarando uma agenda intensa e movimentada desde a pré-campanha, a cada dia que passa cai ainda mais nas graças do povo; sem se falar que a candidata do governador Flávio Dino, tem o apoio de inúmeros secretários de Estado, Deputados Estaduais e Federais, demonstrando musculatura política.

 

As pesquisas mostram que a agricultora, será a próxima prefeita de Paço do Lumiar, o que deixa seu maior opositor preocupado, já que o empresário do PL tem apostado uma fortuna nessas eleições.

Dr. Julinho é carregado nos braços pelos moradores da zona rural de Ribamar

A chegada do candidato a prefeito de São José de Ribamar, Dr. Julinho (PL), ao povoado Bom Jardim, na zona rural do município, aconteceu com muita festa promovida pelos moradores da localidade.

 

Liderando todas as pesquisas registradas até o momento, Julinho foi carregado nos braços do povo e festejado como o próximo prefeito a comandar São José de Ribamar.

 

Nas redes sociais, Julinho destacou a emoção de ter sido recebido por uma verdadeira multidão. “Emoção, descontração e muita alegria, esse foi o clima de nossa caminhada em Bom Jardim. Centenas e centenas de moradores apoiaram nossa ação política, numa clara demonstração de que Bom Jardim é 22”, destacou o candidato a prefeito.

 

Nova Terra

 

Além da caminhada do 22 que arrastou uma verdadeira multidão pelas ruas de Bom Jardim, Dr. Julinho e o candidato a vice-prefeito, Júnior Lago (Avante), participaram de mais um ato político no Nova Terra, onde mais uma vez, centenas de moradores demonstraram indignação com o descaso da atual gestão, que sofre reprovação de 68,2% dos eleitores ribamarenses, segundo dados da Pesquisa DataIlha, e voltaram a declarar total apoio a Dr. Julinho.