Blog do Thales Castro - Thales Castro

PF deflagra a “Quarta Parcela” que combate fraudes contra benefícios emergenciais; MA é alvo da Operação

A Polícia Federal deflagrou, na data de hoje (04/03/2021), a Operação Quarta Parcela, no combate incessante contra fraudes ao Benefícios Emergenciais, disponibilizados pelo Governo Federal à população carente.

 

A presente operação policial é fruto do trabalho conjunto da Polícia Federal, Ministério Público Federal, Ministério da Cidadania, CAIXA, Receita Federal, Controladoria-Geral da União e Tribunal de Contas da União, Instituições que participam da Estratégia Integrada de Atuação contra as Fraudes ao Auxílio Emergencial (EIAFAE).

 

Os objetivos da atuação conjunta e estratégica são a identificação de fraudes massivas e a desarticulação de organizações criminosas que atuam causando prejuízos ao programas assistenciais e, por consequência, atingindo a parcela da população que necessita desses valores. No Maranhão foi realizada uma segunda fase da ação iniciada em dezembro de 2020, com o cumprimento na data de hoje de mandado de busca e apreensão no município de Pedreiras/MA.

 

No total estão sendo cumpridos na data de hoje 32 Mandados de Busca e Apreensão e 07 Mandados de Sequestro de Bens, perfazendo um total de mais de R$ 170 mil bloqueados por determinação judicial. Estão participando da deflagração 117 Policiais Federais nos Estados do Amazonas, Amapá, Bahia, Goiás, Mato Grosso, Paraná, Rondônia, Maranhão e São Paulo.

 

Seguindo todos os protocolos de cuidados do Ministério da Saúde, a Polícia Federal prossegue com a realização de ações em prol da sociedade.

168 municípios do Maranhão estão impedidos de receber novas doses da vacina contra Covid-19

Blog do Gláucio Ericeira – Dos 217 municípios do Maranhão, 168 estão, neste momento, impossibilitados de receber novas doses da vacina contra o novo coronavírus.

 

A restrição está contida no decreto nº 36.531, editado pelo governador Flávio Dino (PC do B) nesta quarta-feira (03), que, além de impor novas medidas preventivas objetivando conter a proliferação da Covid (reveja e reveja), determina que “municípios que não tenham efetivamente aplicado, conforme registro no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIM), pelo menos 60% das vacinas recebidas terão a entrega de novas doses suspensa até o atingimento do referido percentual”.

 

O editor do Blog fez um levantamento no site da Secretaria de Estado da Saúde (SES), no campo Vacinação, que atualiza informações acerca do quantitativo de doses distribuídas; doses aplicadas; e percentual de cobertura.

 

Vale destacar que a última atualização foi feita às 18h de ontem.

 

Abaixo, por regional, confira as cidades que, neste momento, estão impedidas de receber vacinas de um novo lote de mais de 62 mil doses que o Governo maranhense adquiriu nesta madrugada:

 

Regional Açailândia – Açailândia, Buriticupu, Cidelândia, São Francisco do Brejão, Itinga do Maranhão, São Pedro da Água Branca, Vila Nova dos Martírios.

 

Regional Bacabal – Bacabal, Altamira do Maranhão, Conceição de Lago Açu, Lago Verde, Olho D´Água das Cunhãs, Paulo Ramos, Vitorino Freire, Alto Parnaíba.

 

Regional Balsas – Feira Nova do Maranhão, Fortaleza dos Nogueiras, Loreto, Nova Colinas, Riachão, Sambaíba, São Félix de Balsas, São Raimundo das Mangabeiras.

 

Regional Barra do Corda – Arame, Barra do Corda, Itaipava do Grajaú, Grajaú, Fernando Falcão, Jenipapo dos Vieiras.

 

Regional Caxias: Buriti, Coelho Neto, Duque Bacelar, São João do Sóter.

 

Regional Chapadinha: Água Doce do Maranhão, Anapurus, Araioses, Brejo, Chapadinha, Magalhães de Almeida, Milagres do Maranhão, Santa Quitéria do Maranhão, Santana do Maranhão, São Bernardo, Tutóia.

 

Regional Codó: Alto Alegre do Maranhão, Codó, Coroatá, Peritoró, São Mateus do Maranhão, Timbiras.

 

Regional Imperatriz: Amarante do Maranhão, Buritirana, Campestre do Maranhão, Carolina, Davinópolis, Estreito, Governador Edison Lobão, João Lisboa, Lajeado Novo, Montes Altos, Porto Franco, Ribamar Fiquene, São João do Paraíso, Senador La Roque, Sítio Novo.

 

Regional Itapecuru-Mirim: Anajatuba, Arari, Cantanhede, Itapecuru-Mirim; Miranda do Norte, Pirapemas, Presidente Vargas, São Benedito do Rio Preto, Vitória do Mearim.

 

Regional Metropolitana – Alcântara, Paço do Lumiar, São José de Ribamar.

 

Regional Pedreiras – Bernardo do Mearim, Esperantinópolis, Lago da Pedra, Lago do Junco, Lagoa Grande do Maranhão, Lima Campos, Pedreiras, Poção de Pedras, São Roberto.

 

Regional Pinheiro – Bacuri, Bequimão, Cedral, Central do Maranhão, Cururupu, Guimarães, Mirinzal, Pedro do Rosário, Peri Merim, Pinheiro, Porto Rico do Maranhão, Presidente Sarney, Santa Helena, Serrano do Maranhão, Turiaçu, Turilândia.

 

Regional Presidente Dutra – Capinzal do Norte, Fortuna, Gonçalves Dias, Governador Eugênio Barros, Governador Luiz Rocha, Graça Aranha, Presidente Dutra, Santa Filomena do Maranhão, São Domingos do Maranhão, Senador Alexandre Costa, Tuntum.

 

Regional Rosário – Bacabeira, Barreirinhas, Icatu, Morros, Rosário, Santa Rita, Santo Amaro do Maranhão.

 

Regional Santa Inês – Alto Alegre do Pindaré, Bom Jardim, Bela Vista do Maranhão, Governador Newton Bello, Monção, Pindaré Mirim, Pio XII, Santa Inês, Santa Luzia, Satubinha, Tufilândia.

 

Regional São João dos Patos – Barão de Grajaú, Benedito Leite, Buriti Bravo, Mirador, Nova Iorque, Paraíbano, Pastos Bons, São Domingues do Azeitão, São João dos Patos, Sucupira do Norte, Sucupira do Riachão.

 

Regional Viana – Bacurituba, Cajapio, Cajari, Matinha, Olinda Nova do Maranhão, Palmeirândia, Penalva, São Bento, São João Batista, São Vicente Férrer, Viana.

 

Regional Zé Doca – Boa Vista do Gurupi, Cândido Mendes, Carutapera, Centro Novo do Maranhão, Godofredo Viana, Governador Nunes Freire, Luis Domingues, Maracaçume, Maranhãozinho, Nova Olinda do Maranhão, Presidente Medice, São Luzia do Paruá, Zé Doca.

Maranhão recebe novas doses de CoronaVac

O Governo do Estado recebeu, nesta quarta-feira (3), mais 62.400 doses da vacina da CoronaVac. Os imunizantes serão destinados à vacinação de 29.675 pessoas, entre trabalhadores da saúde e pessoas idosas com idade de 80 a 84 anos. As doses chegaram na capital maranhense nesta madrugada e foram enviadas para a Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos do Maranhão (CEADI-MA), localizada no bairro da Vila Palmeira.

 

“A distribuição das doses continuará seguindo a mesma logística já utilizada de transporte e segurança. A Rede de Frio fará a conferência, separação e posteriormente a distribuição para os 217 municípios maranhenses”, destaca a secretária adjunta de Políticas de Atenção Primária e Vigilância em Saúde da SES, Waldeise Pereira.

 

Assim que finalizada a separação dos imunizantes, a distribuição seguirá sendo realizada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), com o auxílio da Secretaria de Segurança Pública (SSP), que disponibiliza aeronaves para o deslocamento aéreo e escolta policial para o deslocamento por via terrestre.

 

A superintendente de Epidemiologia e Controle de Doenças da SES, Tayara Pereira, destacou que a SES tem feito o monitoramento das vacinas. “A secretaria montou uma equipe institucional para manter contato com os municípios via Regionais de Saúde, no intuito de nortear a execução do Programa de Imunização. Além disso, temos estabelecido contato para tirar dúvidas e orientar quanto às normas técnicas”, pontuou.

 

O acompanhamento também é realizado através do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações, plataforma responsável por demonstrar a situação vacinal dos municípios. A SES também tem enfatizado junto aos municípios para que seja realizado o serviço de Busca Ativa para vacinar o máximo de pessoas possível, bem como incentivado a criação de estratégias para mobilizar a população a ir aos pontos de imunização.

 

Decreto

 

Em coletiva realizada nesta quarta-feira (3), o governador Flávio Dino condicionou a entrega das novas doses aos municípios que comprovarem a aplicação de, pelo menos, 60% das doses de vacinas já recebidas anteriormente. A determinação constará em decreto assinado pelo governador Flávio Dino e publicado nesta quarta-feira.

Covid-19: Flávio Dino suspende festas, aulas presenciais e modifica horário do comércio

Em coletiva virtual, nesta quarta-feira (3), o governador Flávio Dino (PCdoB) anunciou novas medidas de combate ao novo coronavírus. “Eu não transfiro responsabilidade. Eu assumo”, disse o governador durante a coletiva ao afirmar que as medidas adotadas foram decididas depois de ouvir prefeitos, empresários e autoridades em duas reuniões realizadas no Palácio dos Leões.

 

Entre as medidas estão a suspensão de festas, de aulas presenciais e de serviços públicos presenciais, além da modificação do horário de funcionamento do comércio e serviços.

 

Na madrugada desta quarta, 62.400 doses de coronavac foram recebidas pelo governo do estado. Até agora 448 mil doses foram recebidas desde janeiro, destas 202 mil doses foram aplicadas.

 

Por conta do baixo índice de vacinação dos municípios, a primeira medida adotada é que só serão entregues novas doses de vacina aos municípios que comprovarem que superaram a marca de 60% de aplicação das doses de imunizantes já entregues.

 

O governador destacou a crescente ocupação de leitos, e por isso, como segunda medida, foi anunciada a ampliação de leitos nas cidades de Imperatriz Açailândia, Bacabal, Caxias, Codó e São Luís.

 

A medida mais esperada é referente a restrição de circulação de pessoas. Entre 5 e 14 de março estão sendo impostas restrições sanitárias. Estão suspensas as festas e eventos, em uma “suspensão absoluta”. Serão modificados os horários de funcionamento dos estabelecimentos comerciais de 9h às 21h, com excessões setoriais que devem ser requeridas à secretaria de Indústria e Comércio. Um novo edital da ‘Conexão Cultural’ será aberto para artistas, com 1 mil vagas, no valor de R$ 1.500. Informações no site cultura.ma.gov.br.

 

Foram suspensas as aulas presenciais em escolas e universidades, tanto na rede pública como na privada, no período de 5 e 14 de março.

 

O governador suspendeu também o serviço público presencial, mas os serviços essenciais vão permanecer. Os grupos de maior risco vão ser afastados, com recomendação para estender o afastamento também em empresas privadas.

 

Atendendo às necessidades das entidades representativas da classe empresarial, serão intensificadas as fiscalizações em lojas e empresas no Maranhão. Quem não atender aos protocolos sanitários, além de multa, será punido com restrições e fechamento da empresa. 

Polícia Federal deflagra operação contra gestão do prefeito de Imperatriz, Assis Ramos

A Polícia Federal deflagrou, nesta quarta-feira, (03), a Operação “RECÔNDITO” decorrente de investigação policial que apura supostas fraudes em procedimentos licitatórios e sobrepreço em contratos públicos firmados pela Secretaria Municipal de Saúde de Imperatriz – SEMU, no ano de 2020, na gestão do prefeito Assis Ramos, com a utilização de recursos públicos federais destinados ao combate do novo coronavírus.

 

As investigações tiveram início após monitoramento de licitações e contratações públicas, desenvolvido no âmbito do Ministério Público do Estado do MA e Ministério Público Federal, nesta cidade, com base em parecer técnico apontando irregularidades no processo de seleção de empresas para prestação de serviço.

 

No curso das investigações, a Polícia Federal identificou diversos indícios de fraude em processo de dispensa de licitação que culminou com a contratação de empresa de fachada, integrada por sócios “laranjas”, que foram beneficiados em contrato que tinha por objeto o fornecimento de refeições para atender demanda do Centro Municipal de Tratamento do COVID-19.

 

Nesta fase, estão sendo mobilizados 25 policiais federais para o cumprimento de 07 (sete) mandados de busca e apreensão no município de Imperatriz/MA, decorrentes de representação da Polícia Federal, todos expedidos pela 1ª Vara Federal Cível e Criminal da SSJ de Imperatriz-MA,. As medidas objetivam angariar novos elementos de prova que permitam a individualização de conduta dos envolvidos.

 

Os investigados poderão responder pelos crimes de associação criminosa (art. 288 do CP), fraude à licitação (art. 90 da lei 8.666/93), corrupção ativa (art. 333 do CP) e corrupção passiva (art. 317 do CP), dentre outras infrações penais.

 

A denominação “Recôndito” faz referência à utilização de empresa “de fachada”, operada por empresários ocultos, com o único objetivo de participar de processos de contração com o poder público.

 

A PF informa que para a execução do trabalho nesta data foram adotadas todas as medidas de prevenção ao contágio do Covid-19, visando a preservação da saúde dos servidores e cidadãos envolvidos.

Camino inaugura loja de Vargem Grande nesta quinta-feira (04) com uma mega promoção

O grupo Mateus inaugura nesta quinta-feira (04) a loja do Camino na cidade de Vargem Grande, com uma mega promoção.

 

O Camino de Vargem Grande que fica localizado na Rua São Sebastião, Centro, tem o mesmo formato da loja de Itapecuru-Mirim, com 1.200m de área de vendas, é todo climatizado, possui lanchonete, padaria, peixaria, açougue, hortifruti, e uma grande variedade de produtos. Vale, aqui lembrar, que o empreendimento gerou centenas de empregos na cidade.

 

As lojas Caminos são menores que as de Super e Mix do Grupo, porém possui um portfólio de variedades muito grande, com excelentes preços e a loja de Vargem Grande contará com um amplo estacionamento para motocicletas e carros, e ainda vai ter um Boteco Gelado que comercializará tudo de cervejas e bebidas geladas, e terá também um Bazar anexado com vendas de pneus, óleos automotivos, carros de mão, faca, facão, arame, grampo, prego, lâmpadas, rações animais, entre outros.

Companhia Vargengrandense de Artes e Cultura (VAC) levará a emoção da Paixão de Cristo ao público em outro formato

Tradicional evento organizado pela Companhia Vargengrandense de Artes e Cultura (VAC), a encenação da peça teatral A Paixão de Cristo, será sim exibida em 2021, mas com outro formato, devido a pandemia da covid-19.

 

 

Este ano, o evento será apresentado numa mega Live, que também será o lançamento do filme A Paixão de Cristo, em Vargem Grande. O espetáculo ao ar livre, considerado o maior da região, como já citamos antes, não será exibido ao público como das vezes anteriores, mas não deixará de perder sua essência.

 

Vale lembrar que o filme está sendo dirigido pela VAC e, produzido pela produtora Space Digital.

 

 

Em breve traremos mais detalhes sobre o filme e também de como será a exibição da Live e do lançamento do filme que irá trazer os momentos mais marcantes da história de Jesus Cristo, o salvador da humanidade.

Covid19: Paula Azevedo diz que Paço do Lumiar acompanhará medidas adotadas pelo Governo do Estado

Com o aumento do número de casos de Covid-19 em todo o Maranhão e crescimento das variantes do Coronavírus em todo o estado, novas medidas precisam ser tomadas para combater o avanço da doença.

 

Na noite desta segunda-feira(01), a prefeita de Paço do Lumiar, Paula Azevedo, esteve reunida com o Governador Flávio Dino; ao lado do Secretário de Estado de Saúde, Carlos Lula; o Presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto; prefeito de São Luís, Eduardo Braide; prefeito de Raposa, Eudes Barros; São José de Ribamar, Dr. Julinho; o Procurador de Paço do Lumiar, Adolfo Fonseca; além de gestores do serviço público de saúde e outras lideranças do poder legislativo, executivo e judiciário.

 

O encontro serviu para buscar soluções em conjunto para restringir aglomerações e novos contágios. Durante a reunião, ficou decidido que a princípio não será adotado lockdown em nenhum dos municípios, mas várias medidas restritivas serão adotadas, entre elas, a suspensão de eventos públicos estaduais nos próximos 10 dias, intensificação na fiscalização referente a aglomerações, uso de máscaras e ações disciplinares em caso de descumprimento das normas estabelecidas pelo estado e pelos municípios.

 

A prefeita Paula Azevedo falou que o município de Paço do Lumiar acompanhará as decisões do governo do estado no combate à pandemia: “Nós iremos intensificar a fiscalização em nosso município, continuar a vacinação e também estabeleceremos medidas locais caso seja necessário. Também é importante tranquilizar nossa população, pois estamos fazendo o possível para minimizar os impactos da pandemia na nossa economia”, informou.

 

Novas informações podem ser anunciadas pelo governo do estado na noite desta terça-feira(02), após reunião entre representantes do executivo estadual e do empresariado da região metropolitana.

Flávio Dino descarta lockdown e suspende eventos

Nesta segunda-feira (1º) o governador Flávio Dino convidou os prefeitos da Grande Ilha e de Imperatriz, os chefes dos Poderes Judiciário e Legislativo, a direção do Hospital Universitário e a Federação dos Municípios para uma reunião sobre as novas ações de combate ao coronavírus.

 

“Estamos descartando a possibilidade de nesse momento haver um lockdown total. O que faremos é uma edição de normas com restrições de certas atividades, inicialmente pelo período de 10 dias, como restrições de grandes aglomerações, eventos que envolvam muitas pessoas, eventos festivos”, disse o governador Flávio Dino.

 

O governador anunciou ainda que serão intensificadas as fiscalizações, com novas restrições, após reunião com o setor empresarial que acontecerá na terça-feira (2). O novo decreto será editado após a reunião com o setor empresarial.

 

“Adotaremos medidas concernentes ao serviço público estadual, como a suspensão do trabalho presencial no serviço público por 10 dias, continuaremos fazendo a expansão de linhas de ônibus, leitos hospitalares, abrangendo estado e prefeituras. Faremos, também, uma força tarefa com os municípios, com a participação dos outros poderes para fiscalizar e punir quem não usar máscaras em vias públicas. Subimos um degrau no nível de restrições, vamos observar por 10 dias e eventualmente adotar ainda mais medida se essas não forem capazes de conter esse ciclo de expansão que infelizmente estamos acompanhando”, garantiu o governador.

 

Durante a reunião, o governador ouviu as demandas de cada município, dialogou com os representantes dos poderes e apresentou o cenário atual, com dados, mostrando crescimento na ocupação dos leitos e aumento da taxa de contágio do coronavírus no Maranhão. Foi divulgada, ainda, a comparação da solicitação de leitos estaduais feita por alguns municípios, como São Luís e Imperatriz, no mês de outubro de 2020 e no mês de fevereiro de 2021.

 

“Em São Luís, em outubro de 2020, foram solicitados 169 leitos da rede estadual. Em fevereiro deste ano, foram feitas 774 solicitações de leitos estaduais. Na cidade de Imperatriz, em outubro do ano passado, foram solicitados 145 leitos. Em fevereiro deste ano esse número subiu para 625”, pontuou o governador durante a apresentação.

 

Só nos três primeiros meses deste ano, o Governo do Estado abriu 500 novos leitos exclusivos para a COVID-19. “Temos feito um esforço gigantesco para abrir novos leitos, continuamos apelando para que as medidas preventivas sejam adotadas rigorosamente, como uso de máscaras, evitando aglomerações e mantendo o distanciamento social”, garantiu o governador Flávio Dino.

Flávio Dino se reúne hoje com prefeitos e presidentes de poderes para tratar sobre Covid-19

O governador Flávio Dino realizará nesta segunda-feira (01) uma reunião com os prefeitos da Grande Ilha, Imperatriz e com os presidentes de poderes, às 17h, no Palácio dos Leões, para tratar de medidas conjuntas contra a Covid-19.

 

“Objetivo dessa reunião é examinar novas ações conjuntas contra o coronavírus. Convidei os chefes dos Poderes, a Federação dos Municípios, prefeitos das cidades onde a sobrecarga hospitalar é maior, a direção do Hospital Universitário. Outras reuniões estão sendo feitas”, disse Dino.

 

Um lockdown não está descartado, mas, antes, medidas restritivas como toque de recolher e paralisação das aulas devem ser adotadas.